Jardim São Manoel
CRAS

Jardim Eloísa CRAS
18/12/2018
SADS
Centro de Referência do Idoso CRI – (Antigo Agita Leme)
19/12/2018
Jardim São Manoel- CRAS

Coordenadora: Elizabeth Pires de Souza    

Horário

  • 8:00 -16:00
  • Fechado

Como Chegar?

2 - Objetivos

2 - Objetivos

O Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família – PAIF é um trabalho de caráter continuado que visa fortalecer a função protetiva das famílias, prevenindo a ruptura dos vínculos familiares e promovendo o acesso aos direitos de forma a contribuir para a melhoria da qualidade de vida.  O PAIF visa o fortalecimento da função protetiva da família; a prevenção da ruptura dos vínculos familiares e comunitários; a promoção de ganhos sociais e materiais para a família; a promoção do acesso aos benefícios, programas de transferência de renda e serviços socioassistenciais; e apoio as famílias que possuem indivíduos que precisam de cuidados. Sendo prioritário o atendimento aos beneficiários de programas de transferência de renda e benefícios assistenciais e pessoas com deficiência e idosos que vivenciam situações de fragilidade.

 

Geral

 

Fortalecer o grupo de pessoas beneficiárias do Programa Renda Cidadã, Bolsa família, BPC e todos os que buscam orientação social, sendo o CRAS uma célula de referência com enfoque socioeducativo, de modo a contribuir para a emancipação do indivíduo e sua família, com vistas à inclusão social; Produção de orientação técnica e material informativo; Conhecimento do território; Identificar e articular a rede prestadora de serviços local e regional, pública e privada, de forma a garantir atendimento prioritário às famílias atendidas pelo Programa; Promover a articulação entre os Programas Federais, Estaduais e Municipais de forma a considerar a família como foco de atenção; Articulação com órgão de capacitação e preparação para o trabalho; Desenvolver cursos de qualificação que promovam geração de renda; Articulação com outras políticas setoriais; Articulação com órgão de capacitação e preparação para o trabalho; Atividades comunitárias.

 

Específicos

 

Acolhida; Escuta/Entrevista inicial com o Técnico social, para investigação diagnóstica; Promoção de acesso à documentação pessoal; Elaboração do Prontuário informativo; Estudo sócio econômico/ visitas domiciliares/ busca ativa; Elaboração de Plano individual de acompanhamento familiar; Orientação e encaminhamentos para rede de serviço; Apoio a família na sua função protetiva; Informação, comunicação e defesa dos direitos; Desenvolver ações com enfoque socioeducativo de orientação individual e de grupo ás famílias mediante estratégicas de apoio mútuo, reflexão e busca de solução para problemas comuns e consequente reorganização familiar; Orientação Jurídica social; Encaminhamento quando necessário a outras políticas públicas (Rede); Encaminhar as famílias para a inserção em programas de geração de renda; Atividades artísticas cultural, física e esportiva; Grupo sócio educativo e de fortalecimento de vínculos; Inserção no Renda Cidadã; Acompanhamento e orientação as famílias em descumprimento do programa Bolsa Família; Acompanhamento dos beneficiários do BPC e Renda Cidadã.
 

 

3 – Nº de Atendidos

3 – Nº de Atendidos
280 pessoas

Programadas

4 - Tipo de Proteção

4 - Tipo de Proteção
Básica

5 – Programas Desenvolvidos

5 – Programas Desenvolvidos
Programa de Atenção Integral à Família (PAIF); Transferência de Renda (Programa Renda Cidadã e Bolsa Família); BPC.

6 – Oficinas Desenvolvidas

6 – Oficinas Desenvolvidas
Atendimento Psicossocial; Orientação Social; Caminhada; Violão; Direitos e Deveres; Fortalecimento de Vínculo; Grupo Psicossocial; Artesanato Patchwork; Ginástica terapêutica; Informática; Pintura em tecido; Crochê; Pintura em guardanapo.

7 - Público Alvo

7 - Público Alvo
Famílias

8 - Abrangência Territorial

8 - Abrangência Territorial
Urbana

9 – Ações

9 – Ações
Fortalecimento Vínculos
Orientação Familiar
Ações socioeducativas
Encaminhamento rede

10 - Critérios de Elegibilidade

10 - Critérios de Elegibilidade
Situação de vulnerabilidades

11 – Outras Atividades Desenvolvidas

11 – Outras Atividades Desenvolvidas
Capacitação: “Gestão de CRAS e CREAS - O papel dos coordenadores na execução dos serviços tipificados" - atualização profissional dos trabalhadores do SUAS, com ênfase aos coordenadores do CRAS e CREAS, tendo como mecanismos ferramentas de trabalho para organizar os equipamentos e também os43 fluxos de atendimento e desligamento das famílias e indivíduos, acolhidos pelas equipes técnicas de referência.; Encontro com Gestores e Coordenadores no SESC de Piracicaba (DRADS):encontro promovido pela DRADS de Piracicaba visando o debate crítico das gestões municipais, com ênfase na efetivação do SUAS;- Encontro de Articulação e Formação da Rede de Assistência: encontro promovido pela equipe da APAE de São Paulo, visando o debate sobre as principais dificuldades encontradas no atendimento de crianças e adolescentes com deficiência e suas respectivas formas de superação;- Reunião de Rede (Lar São Francisco): reunião promovida para discussão dos ;casos das crianças e adolescentes que se encontram institucionalizados e a articulação da Rede de Atendimento nas possíveis intervenções a serem realizadas.- Palestras: "Qual a tua obra?" - Mário Sérgio Cortella 07/02/17 – palestra motivacional sobre inquietações propositivas, gestão, liderança e ética; Encontro: promovido pela Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento;Social - DRADS de Piracicaba, com Assistente Social do INSS do município de Piracicaba e Assistente Sociais representantes dos municípios da área de abrangência desta diretoria, com vistas aos esclarecimentos das mudanças ocorridas no Benefício de Prestação Continuada - B.P.C- Participação no Evento: Estratégias de Enfrentamento à violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher e o Trabalho em Rede. Promovido pela Escola Superior do Ministério Público de São Paulo. Contamos com os expositores; Dr. Rafael de Oliveira Costa e Dr. Bruno Orsatti Landi - Promotores de Justiça de Leme;explanando sobre Tutela Integrada da Segurança Pública. Sra. Maria Divanete Roversi - Analista de Promotoria, Assistente Social do Setor Técnico do GEVID (Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica), explanandosobre Relações de Gênero, Violência de Gênero e Ciclo de Violência. E, encerrando,com o tema proposto, tivemos a explanação das Doutoras Fabíola Sucasas Negrão Covas - Promotora de Justiça e Assessora do CAO Cível e Difusos - Núcleo de Inclusão Social e, Silvia Chakian de Toledo Santos Promotora de Justiça Assessorado CEAF/ESMP. / *16/03/2017 - Encontro de Articulação e Formação da Rede de Assistência: encontro promovido pela equipe da APAE de São Paulo, visando o debate sobre as principais dificuldades encontradas no atendimento de crianças e adolescentes com deficiência e suas respectivas formas de superação.- Reunião de Coordenação SADS: para alinhamento do trabalho desenvolvido;- Reunião de Rede Policlínica (Saúde Mental): explanação do Protocolo de Atendimento da Saúde Mental e Discussão sobre os encaminhamentos da área Social; Palestra com tema "Saúde da Mulher": palestra realizada por equipe de E.S.F;"Vanessa" visando promover orientações relativas a saúde da mulher no tocante a promoção e prevenção dos cuidados;- Encontro das Entidades e CPMA (Central de Penas Alternativas): para renovação do Convênio com o Equipamento representante do Poder Judiciário do Estado de São Paulo e o CRAS;- Encontro: promovido por equipe de vigilância epidemiológica e saúde mental na qual foram discutidos sobre os fluxos de atendimentos da mulher em situação de violência e a possibilidade de criação de um ambulatório para atendimento destes casos. Foi abordado ainda sobre a importância da aplicação da Ficha de Notificação Individual - SINAN nos casos dos atendimentos realizados às pessoas em situação de violência. Encontro: formação da rede Inter setorial do município realizado pela APAE deSão Paulo, visando à articulação dos setores da saúde, assistência social, educação, poder judiciário e segurança pública na prevenção e enfrentamento da violência e violações de direitos contra a pessoa com deficiência.- Encontro: promovido pelo setor de Serviço Social do INSS para discussão das mudanças do B.P.C., bem como a padronização dos encaminhamentos junto ao referido órgão. - 1º Encontro de ações: direcionadas ao combate a evasão escolar, projeto "Quem falta faz falta" promovido pelos dirigentes das escolas estaduais "Ariana", "Maria Joaquina", "Altimira Pink" e "Antonio Luiz de Moraes" tendo por objetivos reduzir osíndices de ausências, de abandono escolar e de reprovação por baixa frequência, mediante ações preventivas;- Encontro: promovido pelo setor de Saúde Mental do município visando a apresentação do fluxograma de cada equipamento (Saúde Mental e Assistência; Social), além de discussão de casos atendidos por cada serviço; Encontro: com a Rede de Assistência Social realizado pela APAE de São Paulo, objetivando a organização do fluxograma da rede no que concerne as demandas de violência à pessoa com deficiência;- Participação: encontro com a Rede do poder judiciário e segurança pública realizado pela APAE de São Paulo, a pedido de juíza de direito, Dra. Adriana Barrea,visando a construção e apresentação do fluxograma dos serviços desta Rede;- Reunião: promovida pela equipe gestora da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social com todos os serviços desta rede para levantamento dos preparativos para o "Sacode Leme" a ser realizado no dia , bem como discussão acerca das cláusulas impostas por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (IC: nº14.0320.0000659/2015-2) e atual situação de cada equipamento. - Reunião: promovida pela equipe gestora da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social com todos os equipamentos pertencentes a esta secretaria para discutir sobre as temáticas das últimas reuniões realizadas e os resultados obtidos, bem como estratégias para que encontros realizados não prejudiquem o andamento dos serviços (desfalque de profissionais)- Reunião de Rede: promovida pela equipe técnica da casa do menor "São Francisco de Assis" com equipe técnica de Poder Judiciário, o Conselho Tutelar, CAPS Infantil, CRAS São Manoel, CRAS Eloísa e CRAS Saulo visando a discussão dos casos das famílias das crianças e adolescentes institucionalizados; Capacitação "Interface CRAS e CREAS": ministrada por assistente social e pós graduada em Gestão do Sistema Único de Assistência Social - SUAS, Rebeca Moraes. Tal capacitação foi custeada pela Secretaria de Assistência e desenvolvimento Social e ofertada a todos os trabalhadores que compõe a Rede SUAS do município.- Encontro Social "Lugar do território nas políticas”: promovido pela Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social - DRADS de Piracicaba ocorrido junto ao SENAC de Água de São Pedro e ministrado pela Assistente Social, Doutora em Serviço Social Dirce Koga, com representantes de diversos municípios da região.- Cine CRAS: Filme A Bela e a Fera no Cine Avenida.- Comemoração da Pascoa: com entrega de chocolates aos usuários;- Sacode Leme: evento realizado em comemoração ao Dia do Trabalho junto ao Lago Municipal "Dr. Enni Jorge Draib", onde foram ofertados a todos os munícipes a prestação de serviços, oficinas culturais, atividades esportivas, exposições, plantão social, serviços de atendimento ao trabalhador e orientações de vida saudável;- Evento em comemoração ao dia das mães: promovido a todas as mães participantes do CRAS, aonde fora realizada roda de conversa com as mesmas, sorteio de brindes e oferta de lanche diferenciado; Caminhada: promovida pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social(CRAS, CREAS e unidades do CRC) no dia nacional do combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes com encerramento junto a Biblioteca Municipal.- Aula Inaugural do projeto "Atirador Mirim": promovido pelo Tiro de Guerra emparceira com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social - SADS com participação de cerca de 40 crianças dos CRAS do município.- 2º Encontro de ações: direcionadas ao combate à evasão escolar junto a escola "Orlando Leme Franco" com a participação dos setores CRAS, CREAS, CT, Segurança Pública, Educação e Poder Judiciário com vistas as discussões sobre modos de articulação da rede de atendimento na diminuição dos índices de evasão nas escolas envolvidas; Reunião com coordenação da proteção básica: visando a apresentação de projetos para aquisição de equipamentos para os serviços, bem como a implantação de um novo CRAS no município;- Segurança do Trabalho: palestra promovida pelo Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho - SESMT, para os funcionários da Prefeitura Municipal, com o objetivo de propiciar a conscientização quanto aos riscos ocupacionais, bem como a importância da utilização correta dos equipamentos de segurança;- Campanha do Agasalho;- Caminhada, Palestra sobre Tema: Violência contra a Pessoa Idosa e Apresentação Cultural. - Caminhada, Palestra sobre o tema Exploração do Trabalho Infantil e Apresentação Cultural;- Participação em Seminário Municipal da Rede de Proteção as Crianças e Adolescentes; Capacitação para Implantação do Projeto Instruir- Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento a Violência Doméstica - GVID – Ministério Pulico e Poder Judiciário; 1º, 2º, 3º, 4º e 5º Encontro do Comitê de elaboração, execução e fiscalização de ações para o combate ao tráfico de drogas envolvendo crianças e adolescentes do Município; Reunião preparatória para Conferência Municipal de Assistência Social;Palestra- Gestão Democrática e Controle Social: o lugar da Sociedade Civil no SUAS; Arraiá do CRAs, festa Julina aberta à população usuária; 10ª Conferência Municipal de Assistência Social- Leme SP;Reunião de Gestão com demais Coordenadores dos Equipamentos da Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social; 1ª e 2ª Capacitação Sistema On Line LIEGGE;Dia da Beleza no CGTR com usuárias dos CRAS; Reunião de rede e PE/PB para escolha dos cursos ofertados à população; Palestra CRAS “Cultura da Paz” pela Assistente Social Silmara Xavier Lima aos usuários do serviço; Reunião de Rede com Casa do Menor São Francisco de Assis – discussão de casos; Visita de Monitoramento da DRADS - Piracicaba/SP; Palestra sobre DST/Sífilis em conjunto com a Equipe do PSF São Manoel; Treinamento SADS e CMA;Apresentação do Projeto Seja Digital aos CRAS do Município; Encontro de Coordenadores de CRAS e CMA para preenchimento do Censo SUAS e elaboração do PMAS 2018;Reunião de Coordenação de CRAS e Equipe Gestora, forma de trabalho dos técnicos; IV Encontro de Ações Direcionadas ao Combate à Evasão Escolar com breve explanação da Metodologia utilizada pelas PMECS para o desenvolvimento do “Projeto Quem alta Faz Falta” nas unidades escolares e, o planejamento para a continuidade do Projeto em2 018;Reunião com a CMA para a efetivação do Sistema LLIEGE ;Reunião com Assistentes Sociais SADS e Gestora sobre a operação de reintegração de posse; Palestra educativa e preventiva sobre o Outubro Rosa com informações voltadas ao câncer de mama os cuidados e a importância do autoexame; Café comemorativo entre instituições e Poder Judiciário em lembrança aos 7 anos da atuação da Central de Penas e Medidas Alternativas e agora também Central de Atenção ao Egresso e Família do município de Leme. O encontro se deu na própria sede da CPMA onde fora apresentado o trabalho da central e a importância de parcerias; Reintegração de Posse com a convocação de todos os Assistentes Sociais da SADS para plantão de atendimento junto aos "assentados";Projeto “PEDALANDO PARA O FUTURO” incentivo à prática do ciclismo e à educação de trânsito; Festa do hallowen para os usuários, com caracterização, musicas, brincadeiras e um lanche diferenciado; Divulgação da Carreta SENAI, fruto das intervenções do Comitê Coragem, oferta curso de Costureiro de Máquina Reta e Overloque à população de baixa renda do município; Projeto Atirador Mirim, parceria SADS e Tiro de Guerra de Leme. Projeto iniciou-se com 45 crianças de baixa renda. Cine CRAS, evento realizado bimestralmente onde, os 3 CRAS do município se reúnem com 40 usuários CRAS para assistirem uma seção de cinema; Reunião com facilitadora da “Seja Digital” durante 2 dias semanais no CRAS para agendamento das famílias para a retirada do kit gratuito com antena e conversor destinado aos beneficiários de Programas Sociais do Governo Federal como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e muitos outros; Participação no Comitê Coragem com fins de capacitar jovens e adultos para reinserção no mercado de trabalho (cursos ETEC/SEBRAE);Inscrições das famílias para o Natal Solidário; Palestra do Grupo Fênix sobre as formas de violência contra mulher. Explanação sobre as mudanças ocorridas na Lei Maria da Penha e distribuição de Cartilha explicativa; Palestra sobre o papel do negro na sociedade em alusão ao o Dia da Consciência Negra. Palestra ocorrida dentro do Grupo de Reflexão Direitos e Deveres; Festa de encerramento das Oficinas e confraternização dos usuários do CRAS; Formatura do Projeto Atirador Mirim, parceria da SADS com o Tiro de Guerra ;Natal Solidário - entrega de presentes de natal para as crianças e adolescentes de 0 a 12 anos.

12 – Dificultadores

12 – Dificultadores
O maior dificultador das atividades, do trabalho desenvolvido no CRAS foi e continua sendo o desrespeito e/ou desconhecimento de que a Assistência Social é uma Política Pública pelos demais atores da Rede. Desconhecendo os Serviços, muitos ainda nos procuram para denunciar casos isolados ou ainda divulgam casos em redes sociais, exigindo que a “Assistência” responda e resolva tais casos.A assistência social (no passado) era uma política compensatória, destinada apenas àqueles que já se encontravam em situações de pobreza. Eternizar-se a pobreza, pois, as ações apenas fortaleciam o que já existia. As ações não possuíam objetivos de emancipação, de autonomia, eram paliativas, ou seja, que não resolviam os problemas vivenciados pelos sujeitos, pois, eram imediatas apenas. Hoje temos uma política com ações planejadas, programadas, baseadas em princípios e diretrizes do SUAS, com técnicas, rede de serviços contínuos, em que, demonstra grande necessidade de articulação, de se trabalhar com a intersetorialidade.Nos fazem assumir atribuições investigativas para a responsabilização de atores de violência ou ainda, ocupar espaços provenientes da ausência de atendimentos que devem ser ofertados na rede pelas outras Políticas Publica ou Órgão de Defesa de Direito.Nos falta Planejamento e cumprimento das ações preconizadas pelo PAIF em detrimento de demandas aleatórias. Nosso papel institucional é definido pelo papel e escopo do Sistema Único de Assistência Social – SUAS.

13 – Resultados obtidos

13 – Resultados obtidos
Fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários; Fortalecimento da função protetiva da família; Acesso e garantia dos direitos; Melhoria da qualidade de vida dos participantes. Melhoria da qualidade de vida das famílias; aumento do acesso a serviços socioassistenciais e setoriais. As atividades desenvolvidas proporcionaram o diagnóstico das famílias e do território, bem como, orientação sociofamiliar e encaminhamentos para a rede de serviços; o desenvolvimento do convívio familiar, grupal e social; a mobilização e fortalecimento de redes sociais de apoio e articulação com o sistema de garantia de direitos.

14 – Relatório Estatístico

14 – Relatório Estatístico

15 - Fotos

15 - Fotos